PROMOÇÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Leitura de baralho cigano com duração de até uma hora por R$ 70,00.

Agendem sua consulta, atendemos pessoalmente, online e por telefone!!!


Minha Santa Sara, nos cubra com seu manto de amor, para que possamos amar sem exigir retorno; nos cubra com seu manto de luz, para que possamos levar a luz a todos que permanecem na escuridão; nos cubra com seu manto de sabedoria, para que possamos distinguir os amigos dos inimigos e assim podermos mostrar-lhes a sua salvação; nos cubra com seu manto da verdade, para que sejamos verdadeiros e honestos em todas as nossas atitudes; nos cubra com seu manto da cura, para que possamos nos libertar de todas as nossas enfermidades; nos cubra com seu manto de fé, para acreditarmos que podemos alcançar nossos propósitos dentro de nosso merecimento;.Santa Sara Kali, que sua benção e a sua luz brilhe em nossos caminhos. (Herrera)

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

uma lenda...



"Certa vez, uma moça cigana, observou que todas as pessoas, quando comiam ovos, costumavam quebrar as cascas, e perguntou o motivo deste comportamento e recebeu a seguinte resposta:

- Você deve quebrar a casca em pedacinhos por temor de que as feiticeiras façam com ela um barco, minha querida. Por sobre os mares distantes de casa, tarde da noite, as bruxas rondam.
- Então - disse a moça - não vejo porque as pobres feiticeiras não possam ter seus barcos como todas as outras pessoas.
E, dizendo isso, atirou a casca do ovo que comia bem longe, enquanto gritava: "Chovihani, law tro bero! ("Feiticeira, tome seu bote!") E qual não foi sua surpresa quando viu a casca sendo como que arrebatada pelo vento, indo para bem longe, até tornar-se invisível, enquanto uma voz gritava: "Paraka!" ("Obrigada!")
Algum tempo depois, a cigana estava numa ilha onde permaneceram alguns dias. Quando quis voltar, percebeu que a maré subira, arrastando seu barco para longe. A água continuou a subir, subir, até que ficou fora da água apenas uma pontinha da ilha, exatamente onde a moça se encontrava, e ela pensou que iria morrer. Nesse mesmo instante, viu que um barquinho branco vinha em sua direção; sentada dentro dele estava uma mulher com olhos de feiticeira; remava com uma vassoura e um gato preto estava sentado em seu ombro.
- Pule para dentro! - gritou para a cigana, levando-a de volta para terra firme.
Quando já estava na praia, a mulher disse: - Dê três voltas completas para a direita e, cada vez que completar uma delas, olhe para o barco.
Ela obedeceu, fazendo exatamente o que a mulher mandara e, cada vez que olhava para o barco, ele ficava cada vez menor, até ficar do tamanho de um ovo.
Nesse instante, a mulher cantou: - Esta é a casca que você mandou pra mim. Até mesmo uma feiticeira sabe ser grata.
Quando terminou de falar, ela desapareceu no ar junto com o gato, a vassoura e tudo mais.
E assim termina a história...


Retirado da revista Magia Cigana - Editora Eclipse

Um comentário:

  1. Adorei a Lenda !Será que realmente é uma Lenda?
    Acho que não...Estou te seguindo...Bjos

    ResponderExcluir